.

.

sexta-feira, 13 de novembro de 2015

Mostra Fotográfica 2015 em Jundiaí

As 40 obras que vão compor a Mostra Fotográfica 2015 foram selecionadas por uma comissão julgadora composta por profissionais com experiência na área de fotografia.

A Mostra Fotográfica 2015 vai ficar exposta na Pinacoteca de 24/11 a 5/12 e depois vai ser apresentada no espaço cultural da Câmara Municipal, de 8 de dezembro a 29 de janeiro.

Mais informações podem ser obtidas de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, e sábados, das 9h às 12h, na Pinacoteca, que fica na rua Barão de Jundiaí, 109, no Centro, e também pelo telefone (11) 4586-2326 ou pelo e-mail: pinacoteca@jundiai.sp.gov.br.

Lugar de lixo é no lixo

Fonte: Conselho Nacional de Justiça - CNJ

quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Vem aí a pílula anticoncepcional masculina

O contraceptivo feminino foi um dos grandes lançamentos da indústria farmacêutica dos últimos 60 anos. Agora, cientistas acreditam estar bem perto de lançar a pílula anticoncepcional masculina. Tudo começou quando se percebeu que duas substâncias usadas para evitar a rejeição de órgãos transplantados – a ciclosporina A e o tracolimus, ambos inibidores da enzima calcineurina – acabavam impedindo que as cobaias usadas no experimento engravidassem, embora tivessem sexo com camundongos machos. 

Pesquisadores do Japão descobriram que os espermatozoides dos camundongos que receberam as substâncias citadas continuavam com quantidade e mobilidade capaz de fecundar uma cobaia do sexo feminino, exceto pelo fato de não ter a “hiperativação” – movimento fundamental para que o espermatozoide fecunde o óvulo. Certa de estar no caminho de descobrir um contraceptivo masculino, a equipe da Universidade de Osaka, chefiada pelo Dr. Haruhiko Myiata, já percebeu que os animais que receberam a Ciclosporina A ou o Tracolimus por duas semanas se tornaram inférteis – sendo que sua fertilidade foi restabelecida depois de uma semana que pararam de ingerir a medicação. 

Na opinião do especialista em medicina reprodutiva e diretor científico do Fertility Medical Group, Dr. Edson Borges ,quando lançado, o contraceptivo masculino deverá mudar bastante o comportamento dos casais, podendo diminuir o número de vasectomias e laqueaduras realizadas. “Por consequência, isso também terá impacto sobre a fertilização assistida, já que menos pessoas enfrentarão arrependimento por não poderem mais ter filhos e as dificuldades para restabelecer a fertilidade – o que nem sempre é possível”, destaca.

É preciso denunciar a violência doméstica

Fonte: SPM
#MapadaViolência elaborado pela Flacso Brasil afirma que 4.762 homicídios de mulheres registrados em 2013, 2.394, isso é, 50,3% do total, foram praticados por um familiar da vítima e no ambiente doméstico. Isso representa perto de 7 feminicídios diários, cujo autor foi um familiar. Além disso, 33,2% dos homicidas eram parceiros ou ex-parceiros.

Esse dado é fundamental para dizer às mulheres que é preciso denunciar a violência doméstica.

quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Que tal unir a prática esportiva, o lazer e a educação ambiental em um só lugar?!

Fonte: Prefeitura Jundiaí-Facebook

Olha só, a Secretaria de Esportes e Lazer lançou o programa "Energiza Jundiaí", com grupos de ginástica corporal dos centros esportivos do município. A ação tem como objetivo promover novas experiências, aproximar a população do meio ambiente e melhorar a qualidade de vida dos participantes.

As atividades do “Energiza” consistem em caminhadas e alongamentos nas trilhas autorizadas e em seguida uma pequena confraternização entre os participantes. A caminhada tem o acompanhamento de educadores físicos e de um monitor biólogo da Fundação.

Veja mais em http://scup.it/aji1

O que é sentença normativa?

Fonte: Cartilha Direito do Trabalho ao Alcance de Todos
Quando as entidades sindicais não chegam a um acordo sobre os direitos discutidos, não conseguindo realizar uma convenção, pedem que a Justiça  do Trabalho resolva a questão, dando início a um dissídio coletivo. Sentença normativa é a decisão do dissídio que estabelece as normas a serem cumpridas pelas categorias interessadas. 

terça-feira, 10 de novembro de 2015

Veja quanto ganhar a mais na aposentadoria com 85/95

Fonte: Agora
O trabalhador que se aposentar neste ano pela nova regra 85/95 possivelmente terá um benefício bem maior do que o obtido com a o sistema antigo, com o desconto do fator previdenciário.

O 85/95 é ainda mais vantajoso para segurados com média salarial alta e que chegaram mais cedo ao tempo mínimo de contribuição para pedir a aposentadoria do INSS, mostram simulações feitas pelo Agora, com colaborações do Ieprev (Instituto de Estudos Previdenciários) e da Conde Consultoria Atuarial.

Pela nova regra, uma mulher com 52 anos de idade, 33 anos de contribuição e que sempre pagou o teto do INSS (hoje em R$ 4.663,75) terá aposentadoria no valor de R$ 4.653,47.

Negras são maiores vítimas de homicídio de mulheres no país

Fonte: Portal BRasil

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Encontro de Corais de Jundiaí

Com a participação de 23 corais, o 26º Encontro de Corais de Jundiaí e o 14º Festival Astra-Finamax de Corais serão abertos na próxima terça-feira (10) e prosseguem até o sábado (14), em vários pontos da cidade, com entrada gratuita. Tradicional na cidade, o encontro é promovido pela Secretaria Municipal de Cultura em parceria com as empresas Astra e Finamax.

Novidade - Nesta edição, o festival vai contar com a participação especial do Coro Acadêmico da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp), que fecha a programação no dia 14, no Teatro Polytheama. 

Confira a programação completa:
10/11 – 20h – Paróquia Nossa Senhora da Conceição (Vila Arens)
Grupos: Coral Municipal de Jundiaí, Madrigal Clap, Coral Fidelity, Coral Azul e Branco e Coral Acalanto;

11/11 – 20h – Catedral Nossa Senhora do Desterro (Matriz)
Grupos: Coral Vozes Encanto, Coral Música é Vida, Coral Vida Iluminada, Coral Unimed e Coral Cant’Art;

12/11 – 20h – Auditório Elis Regina – Complexo Argos
Grupos: Madrigal da Escola de Música de Jundiaí, Na Ponta da Língua e Coral Astra;

13/11 – 20h – Clube Jundiaiense (sede central)
Grupos: Coral Vozes da Barreira, Coral Jundiaiense de Música Sertaneja, Coral Criju e Coral Fati;

14/11 – 14h – Teatro Polytheama
Grupos: Canarinhos da Terra, Coral Infantil Azul e Branco, Japi em Cena e Coral Cênico Infantil Dons e Tons;

14/11 – 20h – Teatro Polytheama
Grupos: Coro Acadêmico da Osesp.

Escolhendo de um nome....

Fonte: Conselho Nacional de Justiça - CNJ
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...