.

.

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Ministro diz que decisão sobre mudanças em benefícios trabalhistas cabe ao Congresso

Fonte: Agência Brasil
O ministro do Trabalho e Emprego, Manoel Dias, afirmou, Nesta quarta-feira (11), Que Será dos Deputados e Senadores uma decisão final sobre Sobre Medidas Provisórias that alteram como Regras de Concessão de Benefícios trabalhistas (MPs 664/14 e 665 / 14), Como o seguro-Desemprego. "O Congresso E Que vai, em Última Instância, Decidir Mudá-las tanto Quanto ELE entenda Que deva Ser Mudado", afirmou.

As Duas Medidas receberam hum de total de 741 emendas de Parlamentares. Nesta terça-feira (10), Representantes de Entidades SINDICAIS se reuniram com o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, parágrafo Compatilhe um DAS revogação Duas Medidas Provisórias.

Governo quer aumentar multa para empresa que não assina carteira

Fonte: Estadão
O Ministério do Trabalho está elaborando um projeto de lei com proposta de aumento de multa para o empregador que mantém empregado sem carteira assinada. O valor atual é de R$ 402,53. “A multa está 20 anos defasada”, disse Paulo Sérgio de Almeida, secretário de Inspeção do Trabalho, apesar de não informar o novo valor a ser cobrado.

De acordo com o ministro Manoel Dias, o projeto de lei para reajustar a multa para o empregador que mantém empregados sem carteira assinada será enviada à Casa Civil em 15 dias.

A medida faz parte de uma série de anúncios para o combate à sonegação e à informalidade no mercado de trabalho. Além da receita extra de R$ 2,5 bilhões com o combate à informalidade, o ministério espera pelo menos outros R$ 2,6 bilhões com ações contra a sonegação do FGTS, em um total de R$ 5,1 bilhões.

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Disque 100 receberá denúncias de violência contra crianças no carnaval

Fonte: Agência Brasil
A campanha nacional de combate à violência contra crianças e adolescentes no carnaval foi lançada pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República. O Disque 100 será o principal canal usado para receber denúncias da população, que poderá recorrer também aos conselhos tutelares, delegacias e ao aplicativo de smartphone Proteja Brasil.

Denúncias contra outros tipos de violação aos direitos humanos podem ser feitas no mesmo número. O carnaval é um momento em que podem ocorrer oportunidades para que as crianças sejam abusadas, sofram violência, trabalho infantil aviltante, e, por isso, a campanha foi intensificada para que a população se mobilize e ajude a denunciando.

Campanha por um carnaval sem violência contra as mulheres


No clima da diversão carnavalesca e da paquera, a campanha “Neste carnaval, perca a vergonha, mas não perca o respeito” começou, di 9/2, para chamar a atenção de foliãs e foliões sobre a importância de manter a festa livre de assédio e violência. 

Ao slogan principal, somam-se os comandos “Neste carnaval, perca a vergonha. Denuncie. Ligue 180” e “Neste carnaval, perca a vergonha. Proteja-se. Use camisinha”. A campanha é coordenada pela ONU Mulheres, com o apoio da Secretaria de Políticas para Mulheres.

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Dia Mundial da Internet Segura alerta para cuidados no ambiente virtual


Sindicalistas vão ao Congresso para defender direitos dos trabalhadores

Na manhã desta terça-feira, 10 de fevereiro, a partir das 10h, sindicalistas da UGT e das demais Centrais Sindicais estarão no Congresso Nacional para sensibilizar os parlamentares a rejeitar as Medidas Provisórias 664 e 665, anunciadas no final do ano passado pelo governo Dilma, que mexem em direitos trabalhistas e previdenciários: seguro-desemprego, abono salarial, seguro-defeso, pensão por morte, auxílio-doença e auxílio-reclusão.

As Centrais também vão debater a formação de uma comissão tripartite, incluindo parlamentares da Câmara dos Deputados e do Senado, para discutir a questão. O prazo para votação dessas MPs termina em maio. A proposta de trazer os parlamentares para a mesa de negociação partiu dos próprios sindicalistas.

Os representantes das Centrais terão a seguinte programação em Brasília:
- 10h: reunião com parlamentares de diferentes partidos no Salão Verde da Câmara dos Deputados;
- 16h: reunião com o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha;
- 17h: reunião com o presidente do Senado, Renan Calheiros.

Seja educado no Trânsito!

Conselho Nacional de Justiça - CNJ

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Doe sangue antes de cair na folia!

Tradicionalmente todos os hemonúcleos do país enfrentam dificuldades durante o período das festas de carnaval. A tendência é que haja queda no número de doadores, resultando em baixo estoque de sangue.

Por isso, pede-se aos voluntários que não deixem de doar antes de curtir a folia. Lembre-se que você tem direito a uma falta para doar sangue a cada doze meses, desde que devidamente comprovada.

Para doar sangue é preciso ter de 16 a 69 anos de idade, sendo que a primeira doação deve ser feita obrigatoriamente até os 60 anos. Menores de 18 anos só podem doar com a autorização dos responsáveis. Caso o voluntário tenha almoçado, o procedimento deve ser feito após três horas. E se for um doador frequente, ele não pode deixar de obedecer ao intervalo para doação, que deve ser de dois em dois meses para homens e de três em três meses para mulheres.

Dicas de Ergonomia

Fonte: Siltonflex

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...