.

.

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Estabilidade é garantida a quem fica com guarda da criança, na morte da gestante

Ag Diap
Lei sancionada pela presidente Dilma em 25 de junho (Lei Complementar 146) passou a garantir estabilidade no emprego a quem detiver a guarda da criança em caso de morte da gestante. Pode ser o pai ou qualquer outra pessoa que assumir a guarda. A estabilidade é de cinco meses, a mesma garantida às gestantes. 

A nova lei é mais uma medida que reconhece novos arranjos familiares, por opção pessoal ou força das circunstâncias, estendendo garantias antes restritas às gestantes.

Em novembro de 2013, outra lei (12.873) estendeu a licença de 120 dias aos segurados homens em caso de adoção, beneficiando pais solteiros e casais homoafetivos. O mesmo texto também assegurou pagamento de salário-maternidade ao marido ou companheiro, em caso de morte da gestante. 

Dicas conciliar trabalho e estudos

Fonte: ABRH-estágios
Quem estuda e trabalha, sabe que não é fácil conciliar essas atividades. É necessário ter tempo para fazer as tarefas da faculdade, mas o dia fica comprometido com o trabalho. 

Veja algumas dicas que podem ajudar a conciliar as tuas atividades, sem cair o rendimento em nenhuma delas, e ainda sobrar algum tempo para os amigos, passeios e descanso:


- Não acumule matéria para estudar;

- Preste atenção nas aulas e esclareça dúvidas com o professor;

- Use o fim de semana e brechas (horário de almoço, ônibus, intervalo) para realizar tarefas e ler os textos obrigatórios;

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Jundiaí se transforma em referência nacional de saúde bucal

Fonte/Foto: Prefeitura de Jundiaí

Prêmio "Brasil Sorridente". 

Ranking - Na etapa estadual, Jundiaí ficou em 1º lugar na categoria acima de 300 mil habitantes, superando São José do Rio Preto (2º), São Bernardo do Campo (3º) e São Vicente (4º). Na categoria entre 50 mil e 300 mil habitantes, a vencedora foi Presidente Prudente e na categoria abaixo de 50 mil habitantes o destaque ficou para Pereira Barreto.

Na etapa nacional do Prêmio Brasil Sorridente, que tem premiação oficial no dia 28, Jundiaí ficou em 5º lugar na mesma categoria, apenas atrás de Ponta Grossa (PR), Manaus (AM), Florianópolis (SC) e Vitória (ES).

A cidade realiza em setembro o 1º Congresso Jundiaiense de Saúde Bucal.

Redução da desigualdade salarial é destaque no resultado da Rais 2013

Fonte: Ag. Diap 
Os resultados da Relação Anual de Informações Sociais (Rais) de 2013, estudo com dados de empregos formais nos setores público e privado no País, mostram que foram criados 1,49 milhão de empregos formais no Brasil. O número é superior aos dados de 2012, quando foram registrados 1,14 milhão de empregos. O montante de vínculos empregatícios também cresceu, passando de 47,45 milhões em 2012 para 48,94 milhões em 2013. 

Além do aumento no número de empregos formais, a Rais 2013 aponta, também, aumento nos rendimentos médios dos trabalhadores formais de 3,18% (tomando como referência o INPC), percentual superior ao ocorrido em 2012 (2,97%), passando de R$2.195,78, em dezembro de 2012, para R$ 2.265,71, em dezembro de 2013. O resultado é proveniente do aumento de 3,34% nos rendimentos médios das mulheres e da elevação de 3,18% no dos homens. 

Em termos absolutos, os setores que mais se destacaram foram Serviços, que gerou 558,6 mil empregos; o Comércio com geração de 284,9 mil empregos; a Administração Pública, com 403 mil empregos; a Indústria de Transformação, que gerou 144,4 mil empregos formais; e a Construção Civil, com geração de 60,0 mil empregos com carteira assinada.

Todo trabalhador deve saber sobre adoção...

Tribunal Superior do Trabalho - TST
A Lei 12.873/2013, sancionada em outubro de 2013, garante 120 dias de salário-maternidade para homens, mulheres ou casais do mesmo sexo, segurados da Previdência Social que adotarem filhos, independente da idade da criança.

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Como se destacar no trabalho

1. Exercite a liderança. Ser líder nada mais é do que ter a capacidade de influenciar as pessoas ao seu redor.
2. Transmita confiança. Você precisa ser aquela pessoa em que os outros acreditam. Quando alguém tiver uma dúvida, vai olhar para você e saber que pode confiar na resposta.
3. Tenha visão. Procure enxergar o cenário como um todo, mas também fique atento às pequenas possibilidades de mudança que você pode oferecer para a empresa e que resultarão em grandes efeitos.
4. Tenha espírito de equipe. Pense como o grupo e não individualmente. Ofereça mais.
5. Seja íntegro. Busque sempre crescer profissionalmente. Porém, não passe por cima dos outros para que isso aconteça e não deixe que a ambição tome conta de você.
6. Mostre-se. Quando seu gestor pedir auxílio, apareça e prontifique-se para colaborar.
7. Seja otimista. Não significa ser utopista – apenas veja outras possibilidades.
8. Tenha paciência. Dê tempo ao tempo. Saiba esperar. Porém, sem demorar muito para agir.
Fonte: Bolsa de Mulher

Número de serviços especializados de atendimento à mulher cresce 309% em dez anos

Fonte: SPM/PR
Delegacias Especializadas de Atendimento à Mulher (Deams), Casas Abrigo, Juizados de Violência Doméstica e Familiar, serviços de Saúde, Centros de Referência de Atendimento à Mulher (Ceams) e núcleos ou postos de enfrentamento ao tráfico de pessoas. Estes são alguns dos serviços que compõem a Rede de Atendimento às Mulheres em Situação de Violência.

De acordo com dados da Central de Atendimento à Mulher – Ligue 180, de 2003 a 2013 houve um aumento de 309% no número de serviços especializados de atendimento à mulher. Em dez anos, o total de serviços especializados cresceu de 332 para 1027.

terça-feira, 19 de agosto de 2014

Previdência instala uma nova Central 135

Fonte: Diário do Litoral
Para agilizar atendimento de segurados de todo País que se utilizam do telefone para agendar e esclarecer suas dúvidas, uma nova Central 135 será instalada em Palmas, no estado do Tocantins. A unidade terá 40 supervisores que cuidarão de 1,2 mil operadores de tele atendimento.

Esses supervisores começaram, a partir da última semana, um treinamento sobre legislação previdenciária e demais questões envolvendo atendimento ao segurado. A fase de treinamento segue até o dia 14 de junho. O contrato para construção da unidade já está em andamento e a previsão de inauguração é no próximo mês de julho.

Atualmente existem duas unidades da Central 135 operando no país. Uma em Salvador, na Bahia e a segunda em Caruaru, Pernambuco. A nova unidade de Palmas irá ajudar a desafogar o atendimento e assim garantir um serviço mais rápido e eficaz para os segurados da Previdência Social.

Por meio do telefone 135, o segurado pode tanto agendar o seu atendimento, com dia e hora marcada, em qualquer Agência da Previdência Social, quanto requerer diretamente o auxílio-doença, pedido de prorrogação, pedido de reconsideração, salário-maternidade e pensão por morte, com mais agilidade e respeito.

Manual de Etiqueta da Água

Clique e leia

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

CCT Arquitetura e Engenharia 2014

Já está disponível online a CCT Arquitetura e Engenharia Consultiva 2014. Clique

Fator tira R$ 60 bilhões do bolso do aposentado

Fonte: Diário do Litoral
O fator previdenciário, criado em 1998, que reduz aposentadorias precoces, já tirou dos bolsos dos trabalhadores do País, mais de R$ 60 bilhões. Expectativa do Governo indica que esse montante será somado, até o final deste ano, em mais R$ 10 bilhões, economia prevista com as aposentadorias que estão concedidas desde dezembro de 2013, quando entrou em vigor a nova tabela do IUBGE sobre a expectativa de vida do brasileiro.

Há 15 anos os trabalhadores vem sendo prejudicados pela aplicação do fator previdenciário, que ocorre no momento em que pedem as aposentadorias nos postos do INSS, com redução, que chega, em alguns casos, a ate 40%.

O fim do fator previdenciário é bandeira de luta das centrais sindicais, entretanto, sai ano e entra ano, e o Governo Federal vem mantendo o redutor.
A última divulgação da Tábua Completa de Mortalidade pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística(IBGE) trouxe, mais uma vez, impacto direto na fórmula do fator previdenciário, usado para se calcular as aposentadorias do INSS. A esperança de vida ao nascer no Brasil subiu para 74,6 anos em 2012, e com isso, quem está se aposentar neste ano, sofre maior redução em seu benefício. É que a nova tabela é aplicada nos benefícios requeridos desde o dia 2 de dezembro de 2013.

Esperar é a solução

Maternidade condenada

Foto: Ruy Fraga
Mesmo protegidos por diversas leis e tratados internacionais, mães encarceradas e seus filhos têm direitos violados.

“Eu tive dois filhos dentro do sistema penitenciário. O primeiro algemada pelos pés e pelas mãos” (...) Quando minha bolsa estourou, fiquei umas quatro horas esperando a viatura. Fui de bonde (camburão) pro hospital, sentada lá atrás na lata, sozinha e algemada. Tive meu filho algemada, não podia me mexer. Fui tratada igual cachorro pelo médico." (...)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...