.

.

.

.

sexta-feira, 14 de outubro de 2016

Confira as vagas de hoje do PAT Jundiaí

O Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) tem vagas de emprego abertas para esta sexta-feira (14). Os interessados devem comparecer à rua Zacarias de Goes, 530 – Centro. O atendimento nesta semana é de segunda, terça, quinta e sexta-feira, das 8h às 16h30. É necessário levar RG, CPF, carteira de trabalho, PIS ou cartão do cidadão.

O PAT informa que durante toda a semana poderá haver alteração no quadro de vagas, pois essas podem ser preenchidas a qualquer momento e outras são disponibilizadas. Informa ainda que algumas vagas contam com requisitos solicitados pelas empresas.
  • Ajudante de Carga Carga e Descarga de Mercadorias – somente candidatos de Jundiaí;
  • Atendente de Lanchonete – Somente candidatos de Jundiaí e Várzea Paulista;
  • Auxiliar de Linha de Produção – VAGA EXCLUSIVA para Pessoas com Deficiência- (membros superiores, ostomia, nanismo, surdez bilateral total, parcial, amputação um membro inferior)  – somente candidatos de Jundiaí;
  • Auxiliar de Cozinha – somente candidatos de Jundiaí;
  • Auxiliar de Limpeza – somente candidatos de Jundiaí;
  • Auxiliar  Mecânico de Refrigeração – somente candidatos de Jundiaí e Várzea Paulista;

Direitos Sindicais

Fonte: Meusalário.org
A Constituição da República Federativa do Brasil e a Consolidação das Leis do Trabalho garantem a liberdade de associação e permitem que trabalhadores e empregadores se filiem e constituam sindicatos assim como associações profissionais (exceto para forças armadas, policiais militares e bombeiros). 

É permitido aos trabalhadores filiar-se ao sindicato sem autorização prévia, assim como nenhum trabalhador pode ser forçado a filiar-se ou não a um sindicato. A lei, válida para trabalhadores e empregadores, também prevê que só pode haver um sindicato para representar uma ocupação ou categoria econômica em determinado território geográfico. (Art. 8º da Constituição da República Federativa do Brasil e Art. 511-514 da CLT).

quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Centrais sindicais se reúnem para debater o contexto político-econômico do país


Fonte: CSB
Com o objetivo de discutir a crise econômica e os desafios do movimento sindical, a CSB junto às centrais CUT, Força Sindical, UGT, CTB e NCST se reunirão, dia 17/10, para traçar estratégias à retomada da geração de empregos e do desenvolvimento no País. O encontro, programado para ter nove horas de debate, acontecerá na sede nacional da União Geral dos Trabalhadores (UGT), em São Paulo.

Entre os temas da agenda de trabalho, o cenário da Previdência Social, acordado sobre legislado, MP 241, independência do Banco Central, autorregulação dos sindicatos e exposições de ideias sobre o contexto e as perspectivas do movimento sindical pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE) serão os principais assuntos contemplados pela pauta da reunião.

Varejo prevê ampliar contratações temporárias

Fonte:  Estado de S.Paulo
Um mês mais cedo do que no ano passado, o varejo do Estado de São Paulo já começou a contratar trabalhadores temporários para as vendas de Natal. A projeção da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (Fecomercio) é de que o número de vagas aumente, de cerca de 15 mil em 2015 para 20 mil até o final deste ano. As estimativas são semelhantes aos resultados de 2013 e 2014, antes de o comércio enfrentar o pior Natal da década, em 2015.

Há perspectiva, embora muito pequena, de efetivação de parte dos trabalhadores após a virada do ano. A projeção é baseada na elevação do Índice de Confiança do Empresário do Comércio (ICEC), que alcançou 89,3 pontos em setembro, maior valor desde março de 2015.

O aquecimento é atribuído as expectativas quanto à desaceleração da inflação, possível queda dos juros e à estabilização do cenário político. Depois da queda de quase 15% das vendas no ano passado, o varejo espera, ao menos, repetir o faturamento real do Natal. 

As entidades ainda aguardam resultados do Dia das Crianças e da Black Friday, ao final de novembro, para divulgar projeções sobre as vendas de Natal.

Mais 10 minutos não é hora extra!

Fonte: Conselho Nacional de Justiça - CNJ

terça-feira, 11 de outubro de 2016

Brasil é o pior país da América do Sul para ser menina

Fonte: CNTC c/informações O Globo
O Brasil é o pior país da América do Sul em termos de oportunidades o desenvolvimento de meninas, de acordo com um relatório divulgado nesta terça-feira pela ONG Save the Children, baseada nos EUA. Entre 144 nações avaliadas, o Brasil ocupa a 102ª posição do Índice de Oportunidades para Garotas. Em todo o continente americano, o país fica a frente apenas de Guatemala e Honduras no ranking que considera dados sobre o casamento infantil, gravidez na adolescência, mortalidade materna, representação das mulheres no Parlamento e conclusão do estudo secundário.

O documento dá destaque à posição do Brasil no ranking, “país de renda média superior, que está apenas ligeiramente acima no índice que o pobre e frágil Estado do Haiti”, listado em 105º. O relatório não divulgou tabelas, mas o gráfico deixa claro que o principal problema do país é a falta de representação parlamentar. Os dados utilizados pela pesquisa são os compilados pela União Interparlamentar, de acordo com os quais o Brasil ocupa a 155ª posição no mundo, com apenas 51 deputadas federais, entre os 513 parlamentares eleitos no pleito de 2014.

Idade mínima para obter benefício assistencial pode subir para 70 anos

Fonte: CNTC c/informações Folha de S. Paulo
Além de desvincular do salário mínimo o benefício assistencial que a Previdência paga a idosos e deficientes de baixa renda, o governo estuda elevar a idade mínima exigida para o acesso ao benefício dos atuais 65 para 70 anos.

O Benefício de Prestação Continuada (BPC) garante o pagamento mensal de um salário mínimo a idosos e pessoas com deficiência com renda familiar per capita inferior a 25% do salário mínimo.

Como o benefício tem caráter assistencial e não exige contribuição, o governo teme que algumas pessoas recorrerão a ele em vez de pagar a Previdência, se o Congresso aprovar as reformas propostas pelo presidente Michel Temer e as regras para aposentadoria ficarem mais duras.

A proposta de reforma em estudos no governo estabelece idade mínima de 65 anos para a aposentadoria de homens e mulheres e exige pelo menos 25 anos de contribuição com a Previdência.

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Fechado acordo Administradores de Consórcios 2016/17

Clique e veja as principais cláusulas econômicas acertadas. A íntegra da convenção está disponível no sindicato.

Confira as vagas de emprego do PAT para esta segunda (10)

Fonte: Jundiaí Online
O Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) tem vagas de emprego abertas para esta segunda-feira (10). Os interessados devem comparecer à rua Zacarias de Goes, 530 – Centro. O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h30. É necessário levar RG, CPF, carteira de trabalho, PIS ou cartão do cidadão.

O PAT informa que durante toda a semana poderá haver alteração no quadro de vagas, pois essas podem ser preenchidas a qualquer momento e outras são disponibilizadas. Informa ainda que algumas vagas contam com requisitos solicitados pelas empresas.
  • Auxiliar de Cozinha – somente candidatos de Jundiaí;
  • Auxiliar de Escritório – somente candidatos de Jundiaí;
  • Cozinheiro Geral – somente candidatos de Jundiaí;
  • Cozinheiro Industrial – somente candidatos de Jundiaí;
  • Encanador Industrial – somente candidatos de Jundiaí;
  • Encarregado de Supermercado – somente candidatos de Jundiaí e Várzea Paulista;
  • Fiscal de Prevenção de Perdas – somente candidatos de Jundiaí;
  • Montador de Móveis e Artefatos de Madeira;
  • Motorista Carreteiro – somente candidatos de Jundiaí, Itupeva, Cabreúva e Louveira;
  • Nutricionista – somente candidatos de Jundiaí e Várzea Paulista;
  • Oficial  de Manutenção Predial – somente candidatos de Jundiaí e Várzea Paulista;
  • Operador de Empilhadeira – somente candidatos de Jundiaí e Várzea Paulista;
  • Operador de Máquina de Lavar Fios e Tecidos;
  • Repositor de Supermercado – somente candidatos de Jundiaí;
  • Técnico de Apoio ao usuário de Informática (Helpdesk) – somente candidatos de Jundiaí;
  • Técnico em Panificação.

Profissão de risco

Fonte: Conselho Nacional de Justiça - CNJ

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...