.

.

.

.

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Feliz Dia os Pais!


Sindicalistas reforçam unidade e preparam ato forte dia 16

Fonte: Ag.Diap
As Centrais Força Sindical, CUT, UGT, CTB, Nova Central e CSB, em unidade de ação, realizarão, no próximo dia 16, uma grande mobilização denominada “Dia Nacional de Mobilização e Luta pelo Emprego e Garantia de Direitos”.

Durante os atos, que ocorrerão em vários Estados brasileiros, as Centrais vão divulgar um documento, aprovado no final de julho em assembleia realizada entre as entidades, em São Paulo.

A situação caótica pela qual atravessa a economia brasileira, com juros altos, inflação, insolvência de empresas e uma taxa de desemprego prestes a ultrapassar a casa dos 12 milhões de pessoas sem trabalho, é de total contrariedade com as forças conservadoras que, indiferentes à gravidade do atual cenário econômico, ainda pregam uma jornada de trabalho de 80 horas semanais.

O documento elaborado pelas Centrais propõe, entre outras demandas, a redução dos juros e da jornada semanal de trabalho, a retomada do investimento público e privado em infraestrutura, e também no setor de energia; e o destravamento do setor da construção civil e pesada.

E, principalmente, que os setores mais retrógrados do governo e do empresariado irrompam a escuridão da crise econômica que tanto nos penaliza, e iluminem, de forma objetiva, as esperanças da classe trabalhadora brasileira.

Frases “fatais” na entrevista de emprego

Fonte: Blog do Sidnei de Oliveira
Em tempos de crise, qualquer deslize pode significar a perda definitiva de uma oportunidade de emprego, por isso, é importante que evite se posicionar com algumas frases e também entenda, que o fundamental é evitar o comportamento que essas frases expressam.

"Desculpa, mas é que sou muito ansioso.”
“Quero trabalhar em uma empresa em que eu possa crescer”
“Eu não gostava do que fazia no meu último emprego”
“Sou focado em resultados quando me dão desafios”
“Eu nunca fui reconhecido”
"Meu maior defeito e ser muito perfeccionista” 

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

16 de agosto dia de mobilização e lutas

Dia 16/8, as centrais Força Sindical, CUT, UGT, CTB, Nova Central e CSB realizarão o Dia Nacional de Mobilização e Luta pelo Emprego e Garantia de Direitos.  As entidades se uniram em torno de uma pauta, aprovada dia 26/7, durante encontro nacional realizado em São Paulo, que inclui redução da taxa básica de juros, redução da jornada para 40 horas semanais, retomada do investimento público e privado, política industrial e estímulo à construção civil.

De acordo com documento divulgado na assembleia das centrais, "a luta que se deve travar requer organização e mobilização para resistir e combater ameaças ao regime de Previdência e Seguridade Social, às relações de trabalho e emprego e as tentativas de criminalizar os movimentos sociais".

O documento aponta ainda saídas para a retomada do crescimento econômico e a geração de empregos e também faz duras críticas à reforma na Previdência que prevê paridade na aposentadoria de homens e mulheres, imposição de uma da idade mínima para obtenção do benefício e a desvinculação dos reajustes concedidos ao salário mínimo.

Balanço do “Ligue 180”

Fonte: SPM/PR
A Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres - SPM apresentou o balanço da Central de Atendimento à Mulher – Ligue 180 relativo ao primeiro semestre de 2016.

Nos seis primeiros meses do ano, a Central realizou 555.634 atendimentos. Este número é 52% superior ao primeiro semestre de 2015. Analisando os dados de relatos de violência, houve aumento de 147% nos casos de estupro, 142% de cárcere privado e de 133% nos relatos de violência doméstica e familiar.

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

CCT Fomento Mercantil Factoring

Já estão disponíveis para consulta as cláusulas econômicas da CCT. Clique

A íntegra da CCT está disponível no sindicato.

Saiba mais sobre a Lei Maria da Penha


A Lei Maria da Penha estabelece que todo o caso de violência doméstica e intrafamiliar é crime, deve ser apurado por meio de inquérito policial e ser remetido ao Ministério Público. 

Confira na matéria do portal do CNJ alguns avanços alcançados com a criação da Lei: http://bit.ly/2azNm65

terça-feira, 9 de agosto de 2016

Somos todos Silva: Rafaela conquista 1º ouro do Brasil na Olimpíada do Rio


Fonte: G1
É Silva, é da favela, é uma das milhões de brasileiras que tiveram uma infância pobre. A diferença é que o esporte transformou a vida de Rafaela e cerca de quinze anos depois de ser colocada pelo seu pai em um projeto social que ensinava judô para evitar que o crime organizado a seduzisse, a menina carioca de 24 anos é a mais nova campeã olímpica do esporte mundial. 

É o Brasil que dá certo!

Sobre Férias...

Fonte: Conselho Nacional de Justiça - CNJ

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Aguns sinais de que você precisa fazer terapia?

As pessoas geralmente se perguntam por que e quando procurar um profissional da área da psicologia. Existem muitas dúvidas com relação ao tratamento psicológico, assim como ocorre também preconceitos em se fazer terapia. 

Muitas pessoas ainda acham que procurar um psicólogo é sinal de loucura ou de fraqueza. Isso não é verdade! Nos dias de hoje é muito comum o stress, o nervosismo, tristeza e conflitos na vida. O que devemos observar é o quanto essas emoções estão nos atrapalhando no dia a dia. Nós podemos nos sentir tristes de vez em quando, mas esse sentimento não pode impossibilitar a gente de fazer as tarefas do cotidiano. Assim como podemos nos estressar com algumas situações do dia a dia, mas isso não pode acontecer com tanta frequência a ponto de fazer mal a nossa saúde física e emocional. 

Se você perceber que os problemas de sua vida estão te paralisando, é hora de procurar ajuda! O psicólogo vai ajudar você a lidar com esses problemas. Quanto antes procurar ajuda, melhor! Assim é possível evitar problemas ainda maiores como ataques de pânico, depressão e ansiedades generalizadas.

Fernanda Prebianchi Pretti (parceira do SEAAC)
Psicóloga/Psicopedagoga 
CRP 06/90474 
Tel. 11 99803-5825

Pente-fino na Previdência começará pelos segurados mais novos

Fonte: Estadão
O governo federal definiu as regras para convocação de beneficiários de auxílio-doença e aposentadoria por invalidez que passarão por nova perícia médica. A regulamentação está publicada no Diário Oficial da União (DOU) e ocorre um mês depois que o governo anunciou o pente-fino na concessão desses benefícios por meio da Medida Provisória 739/2016.

Para a definição da ordem de prioridade no agendamento e convocação nos casos de benefício por incapacidade, o INSS dará prioridade aos benefícios concedidos sem data de cessação ou sem data de comprovação da incapacidade, seguido pelo tempo de manutenção do benefício, do maior para o menor e, por fim, a idade do segurado, da menor para a maior. Na revisão dos benefícios por invalidez, a ordem de prioridade será: idade do segurado, da menor para a maior, e tempo de manutenção do benefício, do maior para o menor.

Pelo regulamento, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) deverá convocar para a realização de perícia médica os segurados que estavam em gozo de benefício por incapacidade mantidos há mais de dois anos. A convocação não inclui os aposentados por invalidez que já tenham completado 60 anos de idade. 

Abertura da Olimpíada 2016: Espetacular!


Previdência poderá unificar regras de pensão por morte

Fonte: Valor Econômico
A proposta de reforma previdenciária que vem sendo desenhada pela equipe do governo Michel Temer quer igualar as regras de cálculo das pensões por morte entre o INSS e servidores públicos para torná-las mais rígidas, impedir pagamento de benefícios integrais e, consequentemente, reduzir gastos.

A ideia é dividir o valor do benefício em uma cota familiar de 50% e o restante, seria distribuído entre os dependentes na proporção de 10% para cada um até o limite de 100%. Pela proposta, a cota do dependente que não tiver mais direito a pensão não será redistribuída. Com isso, a viúva terá um benefício de até 60% do integral, ou seja, não chegará mais a 100%, como acontece hoje nas pensões pagas pelo INSS.

O novo critério também passaria a ser utilizado para o cálculo das pensões dos servidores públicos. Pelas regras atuais, a pensão dessa categoria é limitada ao valor do teto do RGPS, acrescido de 70% da parcela excedente a esse limite.

O governo Temer pretende encaminhar a proposta de reforma da Previdência ainda este ano ao Congresso Nacional, o que deve acontecer apenas após as eleições municipais. 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...